Impactante! Vídeo mostra que Nilsinho pode ter sido vítima de possível execução

No vídeo, é possível ver o momento exato em que Nilsinho foi atingido pelo assassino, que surge na esquina.

Numa avaliação prévia é possível concluir tratar-se de uma possível execução e não de latrocínio, como especulado inicialmente.

Um carro da polícia passa segundos antes do crime acontecer.

São José de Ribamar perde Nilsinho, vítima de possível execução

Em meio a tantas notícias difíceis de digerir, São José de Ribamar amanheceu hoje com mais um registro doloso: o assassinato brutal do jovem Nilsinho.

Ele não ocupava cargos públicos, mas era chamado de prefeito. Não era galã de novela, mas se considerava belíssimo e talvez por isso só andava impecável, muitas vezes de terno e gravata.

Nos eventos públicos, Nilsinho sempre estava presente, se destacava não só por ser espichado, mas pelo seu sorriso simpático. O seu jeito peculiar nunca foi motivo para ninguém dispensar sua presença.

Na madrugada desta segunda-feira, andando pelas ruas, como sempre fazia, Nilsinho foi vítima de possível execução.

Uma maldade sem tamanho que tirou a vida não só de um jovem querido por todos, mas de uma figura muito popular e divertida de Ribamar.

A Avenida Panaquatira não será mais a mesma sem sua presença. Na verdade, São José de Ribamar perde um pouco do seu encanto com sua ausência.

Presidente da Câmara de Ribamar pode perder o mandato

O Ministério Público, por meio de parecer da promotora Bianka Sekeff Sallem Rocha, manifestou-se pela desaprovação das contas eleitorais da Presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar, Jacimar Jacintho (na foto abaixo), mais conhecida como Princesa do Mocotó.

De acordo com o parecer da promotora, foram identificadas várias irregularidades e vícios que violam a “transparência e a lisura da prestação de contas, dificultando o efetivo controle por parte da Justiça Eleitoral sobre a licitude da movimentação dos recursos de campanha e, consequentemente, impedindo a fiscalização da real movimentação financeira do prestador de contas, impondo-se a respectiva desaprovação das contas apresentadas”.

Ainda no parecer, a promotora ressaltou que mesmo após o Ministério Público notificar a candidata, sobre as irregularidades, persistiram os problemas, a exemplo da ausência dos extratos bancários referentes as contas do Fundo Partidário e Fundo Especial de Financiamento de campanha continuaram.

Com o contundente parecer do Ministério Público e com os problemas não sanáveis, muito provavelmente a presidente da Câmara de São José de Ribamar corre sérios riscos de perder o mandato, para complicar ainda mais a complicada política local.

Outros casos

Mas a situação não se restringe à Francimar, outros vereadores do partido podem enfrentar o mesmo problema haja vista que o contador responsável pelas contas da presidente do legislativo ribamarense foi o mesmo dos demais candidatos.

Na eleição de 2016, todos os candidatos a vereador da coligação da época, com exceção de Camile Matos, tiveram suas contas reprovadas. A pessoa escolhida para coletar e encaminhar os documentos à Justiça Eleitoral era a própria Jacintho. Camile Matos escapou porque contratou outro contador para cuidar de suas próprias contas.

Maior operação iniciada num posto de gasolina chega ao fim com muitas prisões e condenações

Depois de 7 anos, 79 fases de operações que colheram materiais e provas que embasaram 130 denúncias contra 533 acusados, a força-tarefa da Lava Jato chegou ao fim. Pelo menos a força-tarefa no Paraná, do jeito como ficou conhecida.

A decisão foi do próprio Ministério Público Federal. Segundo o MPF, a investigação, deflagrada em 2014, continua, mas dentro do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MPF, no Paraná. Mas a estrutura será reduzida.

Na prática, o encerramento da força-tarefa significa que os procuradores que eram da Lava Jato poderão ter de dividir suas atribuições com outros casos.

O fato é que a Operação já vinha sofrendo uma série de reveses. Depois de tantos anos de vitórias no combate à corrupção, a Lava Jato passou a ser derrotada por decisões do Supremo e, ao mesmo tempo, pelo “fogo amigo” do MPF. O fim parecia inevitável.

Na manhã de 17 de março de 2014, os investigadores da Operação Lava Jato realizaram a primeira fase da investigação com uma ação de busca e apreensão no Posto da Torre, localizado a cerca de 3 quilômetros do Congresso Nacional. Eles ainda não suspeitavam que o endereço em Brasília era usado para pagar propina a políticos, somente que estava envolvido em crimes financeiros – como a lavagem de dinheiro do narcotráfico.

O posto instalado no setor hoteleiro sul da capital federal pertencia ao doleiro Carlos Habib Chater, suspeito naquele momento de lavar dinheiro do tráfico de drogas. Ele se tornaria o primeiro preso da Lava Jato.

Após passar 1 ano e 7 meses preso em regime fechado no Paraná e um ano no semiaberto em Brasília, Chater voltou a administrar o ‘Posto da Lava Jato’, como o estabelecimento ficou conhecido.

Ele está à frente do negócio desde outubro de 2016, quando passou a administrar também uma dívida de pouco mais de R$ 8 milhões do posto com a União.

Chater afirma estar pagando parceladamente a dívida, acumulada, segundo ele, por dificuldades econômicas.
“A questão da gente é o que as empresas sofrem para ficarem abertas. No Brasil, tudo conspira contra. Então, a gente optou por manter os empregos e, infelizmente, um ou outro imposto fica para trás e a gente normalmente parcela”, diz

Açailândia: Em nome de Flávio Dino, Brandão entrega obra que muda efetivamente a vida das pessoas

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, entregou na manhã desta quinta-feira (04-02), em Açailândia, um centro com diversas especialidades de saúde, como Mastologia, Urologia, Dermatologia, entre outras.

Para Brandão, a policlínica como é chamado o centro das especialidades, “é mais uma demanda importante atendida pelo nosso Governo, que tem a saúde como grande prioridade”, ressaltou Carlos Brandão. “Essa policlínica se soma a outras nove já entregues, reforçando a rede estadual de saúde, que vem sendo ampliada e fortalecida desde o início da gestão Flávio Dino”.

Bastante inteirado das ações do Governo, Brandão tem percorrido o Estado, por determinação do governador Flávio Dino, entregando obras e ações que visam a melhoria da qualidade de vida da população maranhense.

Acompanhado do secretário de Saúde, Carlos Lula, Brandão lembrou que a entrega da obra faz parte do plano de descentralização dos serviços de saúde oferecido pelo Estado.

Para Carlos Lula, “a entrega da policlínica foi um compromisso firmado pelo governador Flávio Dino e com a cidade de Açailândia”, disse.

Flávio Dino e Eduardo Braide cancelam carnaval e pontos facultativos. Todo mundo trabalhando no período!

Alinhados: Eduardo Braide e Flávio Dino na mesma vibe

Tanto o governador Flávio Dino (PCdoB) como o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), bateram o martelo sobre a realização do Carnaval 2021. Alinhados, nesse aspecto, os dois suspenderam também os respectivos pontos facultativos.

“O momento é de evitar aglomerações e a vacinação contra a Covid não pode parar! Por isso não teremos festas de carnaval em São Luís. Os dias 15, 16 e 17 de fevereiro serão normais no serviço público municipal, sem ponto facultativo ou feriado. Nossa prioridade é salvar vidas!”, afirmou Braide.

No início da semana, que já havia determinado o cancelamento da festança momesca, cancelou também os pontos facultativos referentes.

“Além da suspensão das festas de carnaval em todo o Estado, informo que dias 15 e 16 de fevereiro (segunda e terça) serão dias normais no serviço público estadual, não incidindo qualquer feriado ou ponto facultativo. Medida acompanha orientação do Fórum de Governadores do Brasil”, anunciou.

Blogueiro é impedido de fazer cobertura na reabertura dos trabalhos da Câmara de Ribamar

A Câmara Municipal de São José de Ribamar continua censurando profissionais da imprensa que atuam naquela poder.

O antológico Clóvis Galvão foi o primeiro a ser barrado. Impedido de acessar às dependências da Câmara, o comunicador acabou pegando muita chuva (relembre aqui).

Desta vez, a vítima foi o blogueiro Tássio Vinícius, impedido de fazer a cobertura dos trabalhos do legislativo no primeiro dia de sessão, ocorrida ontem (02-02).

De acordo com o que informou Tássio ao blog, ao tentar fazer seu trabalho na manhã de ontem, foi comunicado pelo segurança que não poderia entrar para evitar aglomeração haja a vista a pandemia do Novo Coronavírus, apesar de a primeira sessão ter sido marcada exatamente pela aglomeração absurda.

Nem o seu principal aliado, o vereador Jordão Reis (PTB), solidarizou-se com o profissional que tanto o ajudou durante a campanha.

Fica aqui a solidariedade do blog a Vinícius e o repúdio à injustiça contra o profissional ribamarense, impedido de desempenhar suas funções.

Indicada de Helena Duailibe vai assumir secretaria de Saúde de Ribamar

Helena Duailibe, Julinho e Bernadete do lado direito. Na ponta esquerda, o secretário exonerado.

A ex-diretora do Socorrão II e braço direito para todas as missões da deputada estadual Helena Dualibe, Bernadete Veiga, vai assumir a secretaria de Saúde do Município de São José de Ribamar.

A publicação do ato deve acontecer ainda hoje.

Bernadete assume o posto após a exoneração de Eduardo Buna, que perdeu a queda de braço com o filho do prefeito Julinho, o Júlio Filho, e acabou sendo guilhotinado.

Hoje à tarde, Bernadete já se apresentou na secretaria para os funcionários como secretária.

Direção do Boi da Mata rechaça informação envolvendo o nome da entidade em operação do MP

Em contato com o blog, a direção do Boi da Mata informou que não foi alvo de qualquer operação do Ministério Público, denominada Harpócrates, em parceria com as polícias Militar e Civil e Corpo de Bombeiros.

A informação equivocada não foi postada aqui, mas, a bem da verdade, o blog faz questão de retificar o erro dos órgãos oficiais, autores do texto divulgado amplamente na imprensa.

Na referida operação, ocorrida no último fim de semana, foram interditados três bares de São Luís e, por crime de poluição sonora, acabou sendo detido o proprietário da Associação do Boi da Matinha, não da Mata como foi noticiado.

Alô, Ministério Público! Câmara de Ribamar realiza sessão secreta antes da reabertura oficial dos trabalhos

Pelo jeito, parece que o Ministério Público de São José de Ribamar não funciona mais.

Além de um suposto festival de nepotismo naquele poder, a presidente Francimar Jhacinto, mais conhecida como “Princesa do Mocotó”, realizou uma tal sessão secreta nas barbas do órgão fiscalizador.

Pior. Na dita sessão, convocada via WhtasApp, foram tomadas decisões cujos teores devem ter publicidade ampliada. Até Projeto de Lei foi aprovado às escondidas.

De fato, a Lei aprovada pelos novos vereadores, de nº 1.273/2021, revoga a lei 1.269/2020 que trata de um mimo absurdo do ex-prefeito derrotado para o ex-presidente daquele poder, também derrotado, Beto das Vilas, que autorizava o parcelamento e débito da dívida de quase R$ 3 milhões de parcelas vencidas do imposto de renda de 2015 a 2020.

Numa decisão justa, porém questionável, a dívida continuará em aberto e o legislativo deixará de pagar parcelas de aproximadamente R$ 50 mil por mês.